Você é o visitante nº

contador free

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Último Trem do Sertão

video
Este vídeo é de autoria do amigo Jorge Concórdia, gravado pelo mesmo na cidade de Sete Lagoas - MG em Dezembro de 1992

Vídeo disponível no seu canal do Youtube
Link: http://www.youtube.com/user/cachorroconcordia

Descrição:
O Trem do Sertão, como era conhecido, a partir de 1965, era formado por carros de aço carbono para passageiros da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima - RFFSA e tracionado por locomotiva a diesel GE U-20-C também da RFFSA e fazia o percurso de Belo Horizonte - MG à cidade de Monte Azul - MG, na lendária linha do Centro da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil. Ao sair de Belo Horizonte, o trem passava por cidades importantes como Sete Lagoas, depois Corinto, Montes Claros e, finalmente, Monte Azul, divisa de Minas Gerais com a Bahia. Em Corinto, alguns carros ficavam para formar uma pequena composição com destino às cidades de Lassance, Pirapora e Buritizeiro, através do ramal de Pirapora, atravessando o rio São Francisco. O outro trem, saia de Corinto e seguia para Montes Claros e depois para Monte Azul. Em Monte Azul, os passageiros faziam baldeação para a antiga Viação Férrea Federal do Leste Brasileiro e iam por ela até Salvador. Foi um verdadeiro crime acabarem com este trem, que movimentava a economia das cidades por onde passava, justamente quando passageiros ainda lotavam o mesmo.

"Os trilhos da R.F.F.S.A. foram retirados do centro de Sete Lagoas, MG. O cinegrafista Jorge Concórdia registrou a partida do último trem de passageiros, com destino à capital mineira, no dia 18/12/1992".

2 comentários:

  1. Amigo ,
    Também sou um amante das Estradas de Ferro e dos saudosos trens de passageiros , em especial do Vera Cruz ... desde a primeira vez qdo vi aqueles Carros de Aço Inox e de várias viagens que fiz (B. HZTE. / RIO / B. HZTE.) de Vera Cruz , hj fica uma saudade de uma época que muitos infelizmente não conheceram ou ném fazem idéia ... e é muito triste saber que além de desativados ainda se encontram em estado de TOTAL ABANDONO no pátio das oficinas de Santos Dumont / MG .

    Luís Fernando Marini Cardoso .
    lfmarinic@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Se esse trem do sertão foi retirado é porq o povão aceitou. Muitos e muitos optaram pelo rodoviário, colaborando assim com a inviabilidade do trem do sertão. Mas, como o povão aceitou a retirada, tbm o povão pode aceitar a volta e ter o mesmo, só q a política-administrativa da ferroviária ñ vai querer nem a pau, mas, isso aí de ñ querer era se a ferroviária tivesse sido implantada de recursos privativa, só q ñ foi e sim, do social. Muitíssimo pior do q isso é o gasto de bilhões p,ra obras de revitalização de outro mundo em estádios de futebol como preparatiovo p,ra copa de 2014 e q tbm ñ é de recursos privativos. Povo é gado.

    ResponderExcluir